Slider

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Séries // RuPaul's Drag Race

Não sou de programas de talentos. Ou melhor, adoro um bom programa de talentos musical para passar horas e horas de procrastinação a ouvir audições. No entanto, acabo por me cansar porque não gosto propriamente de acompanhar competições - para além de ficar triste por aqueles que saem, muitas vezes acho as eliminações um pouco injustas e demasiado regidas pela popularidade de determinado concorrente. Mas toda a minha opinião sobre este tipo de programas mudou quando, por curiosidade, comecei a ver o anteriormente badalado RuPaul's Drag Race.

Tal como o próprio nome indica, a premissa é simples - os concorrentes da competição são todos drag queens e o principal objetivo é ser coroado o vencedor da competição. Para isso, os concorrentes são submetidos a uma data de provas que comprovam as suas capacidades enquanto performers, artistas, costureiros e designers. Uma competição que não se restringe apenas a um talento em concreto mas a uma coleção deles, sendo procurados o talento, a autenticidade, empenho e carisma nos concorrentes.


Dizer que estou viciada neste programa é pouco. Desde que comecei a ver esta competição, muito recentemente, que já vi 10 das 13 temporadas disponíveis e, para piorar a situação, não consigo ver apenas um episódio isolado. Não é que este programa tenha uma história ou que os episódios estejam relacionados, uma vez que são episódios isolados com desafios distintos e diferentes entre si. Mas o facto de ser uma competição leva a que tenha uma vontade extra de continuar a ver para saber quem se torna a próxima vencedora. Além disso, aquilo que mais me cativa neste programa é todo o drama subjacente a cada episódio. No meu dia-a-dia não sou, de todo, uma pessoa conflituosa. No entanto, adoro um bom drama de rapariga e nesta competição isso é o pão nosso de cada dia.

Semelhante a America's Next Top Model na forma como os episódios são criados e como a competição desenvolve, em RuPaul's Drag Race todas as semanas uma queen é eliminada após uma difícil prova de lip-syncing contra a sua oponente, posicionada no fundo da tabela de pontuações. Ao contrário do que aquilo que a maioria do público pensa - as drag queens têm algum talento para além de se vestirem de mulher? -, existe muito por trás de qualquer drag queen. Desde a maquilhagem, que demora normalmente mais de 2 horas a ser terminada, à roupa pensada meticulosamente para a ocasião, passando pela performance ensaiada durante horas a fio, com muito suor, dedicação e esforço, são tudo características avaliadas nesta competição. O facto de serem postos à prova diversos talentos bastante distintos entre si faz com que a mesma não se torne tão maçadora e que seja um pouco menos previsível, até porque ninguém é bom em todas as áreas a concurso e, portanto, nunca se sabe quando um dos favoritos à coroa tem uma semana menos boa.

Acima de tudo, admiro a coragem destes homens em assumirem a sua paixão e não terem vergonha de serem como são, sem quaisquer constrangimentos. Tal como digo sempre, cada um é como é, gosta daquilo que gosta e, acima de tudo, tem direito a fazer aquilo que entende com a sua vida profissional e pessoal. E se ser performer enquanto mulher é aquilo que estes homens gostam, então quem somos nós para dizermos que não podem fazê-lo? Portanto, se procuram um talent show com uma dose extra de talento em diversas áreas - dança, costura, música, teatro, comédia e modelar -, inspiração e um tanto ou quanto de dramatismo, este é o programa para vocês. Aconselho-vos, no entanto, a começarem por ver uma das temporadas mais recentes uma vez que as primeiras, como tinham um orçamento mais baixo, acabam por não ter uma qualidade tão boa como as mais recentes.

If you can't love yourself, how the hell you're gonna love somebody else?

Já conheciam este talent show? O que acharam?

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Os melhores casacos para usar na Primavera

As temperaturas ainda não estabilizaram e, se numa hora do dia está um frio de rachar, noutra está um calorzinho digno de esplanada com um fino e um pires de tremoços ao pé de nós. Para combater o frio que se faz sentir a determinadas horas do dia, nada melhor do que vestir algo mais fresco e colocar por cima um casaco mais quente. Seja ele mais ou menos fino, não existe regra desde que estejamos confortáveis com o que estamos a usar.

Existem, no entanto, modelos de casaco mais adequados para as temperaturas amenas e que são essenciais em qualquer armário de Primavera e até de Verão. Entre os casacos de ganga, ideias para utilizar com tons mais claros como tons terra e branco, os impermeáveis, ideais para os dias mais chuvosos que se sentem nestes dias indecisos, ou os trench coats que são sofisticados e muito elegantes, as escolhas são muitas mas existem 6 modelos de casaco aos quais dou especial destaque.

CASACO DE GANGA

O primeiro lugar desta lista tinha que ir para os casacos de ganga por serem uma das peças mais fáceis de conjugar da história. Apesar de não ser grande fã do denim on denim - pelo menos por enquanto -, acho estes casacos perfeitos para utilizar com qualquer roupa que queiramos porque são bastante versáteis. Os meus favoritos são aqueles com um corte mais largo e baggy, que tornam qualquer conjunto mais casual. Costumo utilizá-los com calças com um corte mais clássico ou saias para criar um contraste entre o formal e o casual.

BOMBERS
O bomber é o tipo de casaco mais descontraído e mais indicado para utilizar no nosso dia-a-dia de entre os da lista. Com o seu formato tipicamente mais largo, é ideal para utilizar com peças que sejam mais justas na parte de baixo, de forma a criar um contraste de entre o justo e o largo que seja visualmente apelativo. Pessoalmente, gosto mais de ver este tipo de casaco com calças descontraídas como de ganga, mom jeans ou cullotes porque conjuga na perfeição com a onda mais casual que estas partes de baixo dão aos nossos conjuntos.

BLAZERS

Ai, os blazers! A minha perdição de adolescência e das peças que considero mais elegantes no meio dos imensos formatos de casaco existentes. São de uma sofisticação ímpar e sem dúvida que compõem um conjunto casual num conjunto muito mais chique e formal. Pessoalmente, gosto dos formatos mais largos de blazer, que não cintam tanto a cintura porque se adaptam mais facilmente à nossa rotina casual e são mais confortáveis. Mas, dependendo da ocasião, este tipo de casaco é pau para todas as colheres. É daquelas peças que deve existir no armário de toda a gente!

CASACO DE CABEDAL
Os casacos de cabedal devem ser das peças mais utilizadas pela população em geral. Não existe nada mais versátil - em par com os casacos de ganga - que um bom casaco de cabedal preto, seja qual for o estilo com que te identificas mais. Deixo a confissão de que ainda não tenho nenhum casaco de cabedal no meu armário, em parte porque ainda não encontrei o ideal. Mas, quando encontrar, sei que o utilizarei com tudo - saias, vestidos, calças de ganga ou calças mais formais -, de forma a deixar o meu conjunto com edgyness.

IMPERMEÁVEIS

Abril, águas mil! Apesar de estarmos no fim deste mês que foi bastante chuvoso, avizinham-se alguns dias de chuva e nunca é de mais estar prevenido. Por isso, acho que um dos essenciais para esta estação são os impermeáveis que, apesar de não aquecerem propriamente muito, são perfeitos para não apanharmos uma molha das grandes. Existem modelos bastante bonitos destes casacos e  um tanto ou quanto originais. É aquela peça em que podem arriscar numa cor mais forte para dar um bocadinho de vida aos tons neutros que temos tendência a utilizar no dia-a-dia em dias mais chuvosos.

TRENCH COATS
Se existe alguma peça mais elegante e parisiense, ainda ninguém me avisou qual é. O último lugar da lista vai para os trench coats que, para mim, gritam sofisticação, classe e estilo. Fazem qualquer conjunto parecer mais arranjado do que ele realmente está. Além disso, como não são de um material muito grosso, são ideais para as temperaturas que se fazem sentir nesta altura do ano. Com saias ou até com umas calças de ganga, estes casacos são ideais para aqueles que gostam de andar com um ar mais formal no seu dia-a-dia sem se esforçar para tal.

A verdade é que estes casacos podem ser encontrados em qualquer loja online ou até de fast fashion, porque são modelos realmente muito comuns, versáteis e utilizados pela maioria das pessoas, independentemente da sua idade. No entanto, hoje sugiro-vos a Dresslily, uma loja chinesa online com bastantes opções acessíveis e com uma qualidade que é proporcional aos preços praticados. Aqui encontram-se, por vezes, réplicas dos casacos mais in das lojas físicas a preços bem mais convidativos. Além destas, encontram também peças bastante diferentes do comum e que tornam os vossos conjuntos únicos. Estes quatro que vos apresento em baixo são as minhas sugestões para um conjunto bonito, arranjado e com um toque de cor.

FOR MORE, CLICK HERE

Esta publicação foi patrocinada pela Dresslily. No entanto, todas as opiniões são pessoais.

Qual é o vosso tipo de casaco favorito para usar nesta estação? Acrescentariam algum à lista?

quinta-feira, 26 de abril de 2018

VANTAGENS DE USAR FATO-DE-BANHO

A era dos biquínis está longe de terminar mas, aos poucos, os fatos-de-banho têm tomado o seu lugar nas lojas de vestuário de praia e, a meu parecer, vieram para ficar. As novas coleções estão repletas de fatos-de-banho com aspectos diferentes entre si, com cortes diferentes e cores para todos os gostos. Aliás, eu própria já tenho alguns modelos sobre olho que me deixaram a suspirar de tão bonitos que são. E, se antes toda a gente torcia o nariz a esta peça de vestuário por ser mais utilizada por senhoras mais velhas, hoje em dia é inegável de que devemos de ter pelo menos uma versão do mesmo no nosso guarda-roupa para alternarmos com o nosso biquíni favorito.

Passei por todas as peças de vestuário balnear que podem imaginar - biquínis, triquínis, fatos-de-banho, calções de homem para mulher, entre outros. E, de todas estas peças, aquela que me deixou mais confortável foram os fatos-de-banho. Desde que os comecei a utilizar que não quero outra coisa. Simples de vestir e despir, confortáveis e bastante bonitos, são a peça-chave dos meus Verões há cerca de 3 anos consecutivos porque permitem que me sinta bem com o meu corpo e que me sinta à vontade para fazer neles tudo aquilo que me apetecer - olá raquetes na praia, passeios à beira-mar ou moches aos amigos! Trago-vos, então, uma lista de vantagens que eu considero que utilizar esta peça balnear traz a qualquer pessoa.


1. É MAIS CONFORTÁVEL
Este é o principal motivo pelo qual utilizo fatos-de-banho em vez de biquínis. Sinto um conforto acrescido, não tenho qualquer receio de correr pela praia porque não existe perigo nenhum das amigas saltarem para fora do fato-de-banho ou de se ver alguma coisa a saltitar fervorosamente porque está tudo bem tapadinho com esta peça. Facilita a movimentação, sem dúvida, tornando muito mais cómoda e descomplicada a ida à praia ou à piscina porque não existe constante necessidade de compor o top ou a cueca.

2. DIFERENCIA-NOS
Apesar de cada vez ser maior o número de pessoas que utiliza fatos-de-banho em vez de biquínis, a grande maioria das pessoas ainda não abdicou dos seus biquínis. E ainda bem para nós, amantes de fatos-de-banho, porque é um trunfo a nosso favor. Isto faz com que nos destaquemos da multidão, dá-nos um aspecto diferente das demais e dá-nos imensa liberdade para brincarmos com diferentes estilos e feitios, mostrando um bocadinho da nossa personalidade através deste pedaço de tecido.

3. ESCONDE A GORDURA INDESEJADA
Este não deve ser, de todo, o motivo principal para utilizarmos esta peça. No entanto, é mais do que sabido que os fatos-de-banho são uma forma fácil de escondermos alguma parte do corpo com a qual não nos sintamos tão à vontade, uma vez que estamos menos expostas com os mesmos. Seja alguma gordura localizada na zona da barriga ou até mesmo um peito mais avantajado - as duas um problema constante na minha vida -, este tipo de peça acaba por disfarçar estes traços que não gostamos mais, salientando aqueles que mais nos interessam.

4. ALONGA A NOSSA SILHUETA
Este tipo de peça, porque cobrem o nosso tronco todo, criam a ilusão de que o nosso tronco é mais alto do que aquilo que ele realmente é, fazendo parecer que somos mais altas do que aquilo que somos na realidade. Isto acontece porque não existe uma quebra de tecido na zona da barriga, o que faz com que a nossa silhueta se alongue um pouco mais. O mesmo acontece com as partes de baixo de biquíni de cintura subida - é criada uma falsa ilusão de que somos mais compridas do que aquilo que somos realmente.

5. FAZ-NOS PARECER MAIS JEITOSAS
Digam o que disserem, não existe peça balnear mais elegante do que os fatos-de-banho. Trazem algum mistério quando ao corpo da pessoa que o utiliza, para além de exibirem os seus melhores traços físicos. Além disso, ajudam a definir a zona do rabiosque, uma vez que este é puxado um pouco para cima com a ajuda do fato-de-banho, criando a ilusão de que o nosso traseiro é maior do que aquilo que ele realmente é.

Onde se pode comprar fatos-de-banho?, é a questão que se impõe. Apesar de ser arriscado comprar este tipo de artigo online porque esta peça tem mesmo que ser ajustada ao nosso corpo, existem inúmeras lojas que vendem este tipo de peças na internet, sendo uma delas a Rosegal. Esta loja tem artigos diferentes daqueles que podemos encontrar nas lojas a um preço bastante convidativo. Apresenta, para além disso, soluções para todos os tipos de corpos. A secção de fatos-de-banho deles é bastante completa e tem bastantes opções para todos os gostos e feitios que desejarem. São exemplo os 5 fatos-de-banho que vos mostro de seguida, muito diferentes entre si - tirando o decote em V, que adoro e ao qual não consigo resistir - mas que usaria sem pensar duas vezes.


O que importa, acima de tudo, é que vocês se sintam o mais confortável possível na vossa pele e que utilizem qualquer peça de vestuário balnear com o orgulho que devem sentir por estarem a mostrar o vosso corpo. Afinal de contas, todos os corpos são bonitos, não existe um corpo mais bonito do que o outro e todos merecem ser exibidos na praia ou na piscina se vocês assim o entenderem. A peça balnear que funciona melhor para mim é o fato-de-banho, mas isso não quer dizer que para vocês deva ser o mesmo! Experimentam, escolham a vossa peça ideal e usem e abusem dela em todos os feitios e formatos diferentes.

Esta publicação foi patrocinada pela Rosegal. No entanto, todas as opiniões são pessoais. 

E vocês, gostam mais de usar fatos-de-banho ou biquínis?
Com tecnologia do Blogger.
My Own Anatomy © . Design by FCD.