Slider

sexta-feira, 15 de junho de 2018

As minhas inspirações de estilo no Instagram

Inspiração. Aquilo que nos faz suspirar, desejar e querer ser mais e melhor. Tenho diversas pessoas em quem me inspiro no meu dia-a-dia para conseguir tornar-me uma pessoa melhor a todos os níveis da minha vida. No entanto, quando falamos de roupa e noção de estilo, as inspirações são maioritariamente online. O Instagram - já me seguem por lá, AQUI? - está cheio de pessoas com roupa gira, fotografias giras e um estilo impecável que eu ambiciono ter também.

No entanto, o estilo comum e visto em 90% das contas não é aquele que me agrada mais. Gosto do diferente, do fora da caixa. Daquelas raparigas que brincam com diferentes cores, feitios, padrões sem qualquer problema e com uma habilidade de invejar. Mas também gosto de simplicidade, de ser capaz de utilizar uma peça normal e, ainda assim, ter um toque estiloso, coisa que poucas conseguem ter. Hoje, falo-vos das 3 contas portuguesas que mais me inspiram a nível de estilo que sigo - e admiro - pelo Instagram


A Vanessa, ou Peggy Heart, sempre foi uma das minhas maiores inspirações. Já tinha falado sobre ela anteriormente por aqui, quando ela tinha o seu blog ativo e sempre achei que a noção de estilo era tão natural para ela como respirar. Hoje, e alguns anos depois dessa publicação, dou por mim a suspirar pela facilidade com que ela conjuga cores que, à partida, nada se assemelham entre si. Os seus padrões muito chamativos, a forma como utiliza todas as cores do arco-íris e as peças diferentes que compõem o seu armário fazem dela a pessoa que eu quero ser quando for grande, quando falamos de estilo.


A Mariana, cujo canal do Youtube é de assistência obrigatória por tão calmo, bonito e pessoal que é - podem encontrar mais sobre o seu trabalho AQUI -, tem um estilo muito próprio e, tal como ela caracterizaria, muito vintage mom. Ou seja, ela não se rege pelas tendências ou por aquilo que favorece mais o seu corpo, usando peças diferentes, com feitios únicos e muito descontraídas. As conjugações de roupa são tão despreocupadas que transpiram estilo naturalmente. Mas não é um estilo que se encaixa numa caixa ou num determinado padrão. É  uma noção que transcende a caixa e que é muito própria dela.


Tal como a Mariana, também a Alice tem um canal no Youtube onde partilha bocados do seu dia-a-dia e algumas dicas relacionadas com beleza - podem encontrar mais do seu trabalho AQUI. No entanto, a sua forma de vestir nada se relaciona com as duas meninas de quem vos falo anteriormente. Simplicidade e conforto são as palavras de ordem na forma de vestir da Alice e a sua aposta em peças básicas, com cores sólidas e padrões pouco extravagantes são a fórmula de sucesso para ela. É uma pessoa a seguir para aqueles que gostam de utilizar básicos mas com muita pinta.

Quais são as vossas maiores inspirações de estilo?

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Os melhores acessórios para este Verão

Tal como costumo dizer por aqui, os acessórios transformam qualquer conjunto. Seja num conjunto mais casual ou num conjunto mais elegante, é sempre importante adicionar estes elementos ao nosso conjunto para o tornar mais composto. No entanto, acho que a estação em que eles são mais precisos é no Verão. Afinal de contas, brincar com camadas no Verão não é uma opção e as roupas que conseguimos utilizar são mais limitadas para dar asas à nossa imaginação e a diferentes conjugações. É aqui que entram os acessórios originais, chamativos e que façam com que uma pessoa olhe para nós duas vezes. As tendências para o Verão deste ano trazem alguns acessórios que já vimos em temporadas passadas e algumas novidades.

Em parceria com a Dresslily, uma loja chinesa online conhecida pelos seus produtos diferentes daquilo que é vendido nas lojas físicas pela originalidade e pelos seus preços bastante apelativos, trago-vos as tendências para a estação que ainda não deu o ar de sua graça. Entre os brincos bastante chamativos, as malas de palha ou as transparências que passam das roupas para os acessórios, são muitas as escolhas existentes e que passam por todos os gostos.

BRINCOS STATEMENT

Sou a apaixonada dos brincos, como muitos de vocês sabem. Portanto não existe tendência que me deixe mais feliz do que os brincos gigantes, vistosos e bastante originais para utilizar com os nossos conjuntos mais simples e os tornar outros. É, para mim, a melhor tendência para utilizar no Verão com uma t-shirt simples e uns calções de ganga ou um vestido com uma cor neutra.

COWBOY BOOTS
Parece díspar, eu sei. Utilizar botas no Verão não é, de todo, aquilo que nos imaginamos a fazer mas  a verdade é que as botas de cowboy são uma grande tendência para esta estação. São facilmente conjugáveis com vestidos ou calções para um conjunto muito casual e festivaleiro. É uma excelente opção para aqueles dias em que sabem que vão caminhar mais e querem um calçado mais confortável do que um par de sandálias ou para uma saída à noite, em que o tempo vos parece indeciso.

MALAS DE PALHA


Não é segredo para ninguém que as malas de palha são o must have desta estação. Tendo um toque tipicamente português, é das tendências que mais gosto e estimo porque são super simples mas bonitas e facilmente conjugáveis com qualquer roupa que utilizem pelas suas cores neutras. É uma aposta que podem fazer porque, mesmo que saia de moda para a próxima estação, é uma mala versátil e à qual podem dar muito uso.

ACESSÓRIOS TRANSPARENTES
Já vos tinha dito AQUI que as transparências eram uma grande tendência para a Primavera e o Verão. Aquilo que não sabia é que também os acessórios transparentes são uma grande tendência para a estação e que são para utilizar tanto nas malas - deixando toda a gente ver aquilo que levamos na nossa carteira - como na joalharia - com os brincos de um material transparente semi-brilhante para ofuscar qualquer pessoa na rua.

ÓCULOS PEQUENOS
Os óculos pequenos não funcionam para qualquer formato de cara, é certo. As caras mais redondas nem sempre conseguem utilizar este tipo de óculos mas, para aquelas que conseguem utilizar este tipo de armação, usem e abusem porque esta é a estação para tal! As cores extravagantes e os formatos diferentes do costume - bicudos, super redondos ou até com corações - são a fórmula para fazerem sucesso nesta estação.

CHAPÉUS XXL
Tal como acontece nas malas, os chapéus de palha vieram para ficar. No entanto, não são em tamanho normal. Os tamanhos extra para este tipo de chapéu são imperativos se queremos estar dentro das tendências e, simultaneamente, parecer uma senhora de meia-idade. Apesar de não ter coragem de utilizar este tipo de chapéus no meu dia-a-dia, acho que funcionam muito bem na praia ou na piscina, para nos proteger do sol - mas sempre com estilo!

Esta publicação foi patrocinada pela Dresslily. No entanto, todas as opiniões são pessoais.

Qual é a tendência que mais gostam?

quinta-feira, 24 de maio de 2018

O que levar para um Festival de Verão

A época dos festivais está quase a chegar e a vontade de tirar o pé do chão a dançar ao som das nossas bandas favoritas vem com ela. Confesso que este ano não tenho planeado ir a nenhum festival de Verão - porque ando a poupar dinheiro para outras conversas. No entanto, aplaudo os excelentes cartazes que se compõem para as proximidades e para os vários gostos musicais, tanto num registo mais pop com o Rock In Rio como um registo mais alternativo como o grande Vodafone Paredes de Coura ou o Super Bock Super Rock

Já fui a 3 edições do agora NOS Alive - das quais vos falei nas publicações de 2013 AQUI, 2014 AQUI e 2015 AQUI - e também ao MEO Marés Vivas e, apesar de não achar que isto faça de mim uma experiente na matéria, acho que já tenho algum conhecimento para partilhar com aqueles que nunca foram a um Festival de Verão sobre alguns dos essenciais na vossa mochila.


COMIDA
Esta dica está em primeiro lugar propositadamente porque acho que, de todas, é a mais importante. A não ser que tenham algum dinheiro extra que queiram gastar em comida excessivamente cara para a qualidade - que não me parece ser uma opção para ninguém -, levem algumas sandes para comerem ao longo do dia. Sempre que fui a este tipo de Festival levei as minhas sandes e, quando toda a gente estava a sair do seu sítio e a perder os concertos por estar em filas intermináveis, eu estava a aproveitar os concertos. Mas atenção, informem-se sobre a possibilidade de levarem comida, uma vez que, por exemplo, no MEO Marés Vivas vi toneladas de comida a ser posta em caixotes do lixo porque a organização tinha dado informações incorretas sobre aquilo que se podia levar ou não para o recinto do festival. Ainda hoje condeno a organização pela atitude incorreta ao desperdiçar uma quantidade tão grande de comida sem olhar duas vezes.

CASACO OU CAMISOLA
Durante o dia, tudo bem. Está sol, está calor. Durante os concertos também não temos frio nenhum porque uma mistura de êxtase, histeria e felicidade percorre as nossas artérias e veias e dançamos, saltamos e cantamos como se não houvesse amanhã. Além disso, estando no meio de milhares de pessoas estamos bem quentes. Mas, quando tudo acaba e estamos à espera da nossa vez no autocarro ou até mesmo a caminhar em direção ao nosso carro é quando o frio aperta. Afinal de contas, as noites de Verão nem sempre são agradáveis e há sempre um vento gélido tipicamente português pronto a atacar quando menos esperamos. Estar prevenidos e ter um casaco que não seja muito pesado na nossa mochila é uma mais valia.

GARRAFA DE ÁGUA
Esta dica tem um truque. Como muitos de vocês sabem, não se podem entrar com garrafas dentro deste tipo de recinto porque são potenciais armas de arremesso contra o palco e, portanto, consideradas perigosas. No entanto, e como não tenho más intenções mas não quero pagar 2 euros por uma água de 33cl, escondo sempre a tampa numa zona em que os seguranças não se apercebam que possa estar - no aro do soutien, na zona do cinto ou na sapatilha, por exemplo - e, assim que entro no recinto e me encontro numa zona protegida tampo a minha garrafa e ponho na minha mochila. Mais uma vez, poupo tempo nas filas sem fim e pouco também dinheiro. Um dois em um poderoso!

PROTETOR SOLAR
A única dica desta lista que não segui - porque sou demasiado despreocupada quando toca aos meus cuidados pessoais e de pele - mas que acho imprescindível nos festivais em que as temperaturas atingem valores muito elevados. Passar antes de ir para o recinto, em casa, é de uma importância extrema porque teremos diversas horas de exposição solar à nossa espera e, como as sombras são escassas, não existe grande forma de evitar a mesma exposição. Não sei qual a política da maior parte dos festivais em relação aos protetores solares - uma vez que podem também ser considerados perigosos por possibilidade de se atirar pelo ar e ferir alguém -, mas, caso seja possível levarem, levem aquelas versões de viagem que são pequenas, não pesam nada e assim garantem que não ganham um escaldão. Acreditem, a maioria das pessoas que se vêem neste tipo de festival tem as costas vermelhas como lagostas e, por mais divertida que seja a noite, o dia seguinte não o será, certamente.

CHAPÉU
Não têm que necessariamente levar uma vez que a maioria dos festivais tem como brinde principal um chapéu publicitário - e, normalmente, bem giros! -, mas caso não gostes de arriscar é algo que te aconselho a levares. Mais uma vez, a exposição solar é grande e não queremos que te sintas mal pelo calor e desmaies, perdendo o festival inteiro. Arranja um chapéu daqueles giros e usa e abusa dele. Quando te fartares dele ou já tiver de noite, sempre podes pô-lo para dentro da tua mochila e não te preocupares mais com ele.

PACOTE DE LENÇOS
Enganaram-me na minha primeira edição do NOS Alive a que fui, em 2013 e era ingénua. Quando chegou a altura de ir a uma das casas de banho portáteis disposta pelo recinto, arrependi o dia em que não levei lenços e jurei nunca mais me esquecer. Lembro-me como se fosse hoje de me virar para trás na fila e pedir, por favor, para me emprestarem um lenço - e, curiosamente, quem acabou por me dar um foi uma blogger que na altura seguia e de quem gostava bastante. Seja para a casa de banho ou para qualquer eventualidade que pode surgir - existe cerveja a voar pelo ar, pó no ar, pessoas pouco cívicas e até para limpar o suor depois de um concerto intenso -, são mais do que imprescindíveis na vossa mochila de festival.

SAPATOS E ROUPA CONFORTÁVEIS
Malta, esta dica é aquela que quero sublinhar com mais ênfase. Os conjuntos do Coachella são muito bonitos e bastante inspiradores para a restante temporada, não digo que não. Mas para conseguirmos aproveitar um festival com tudo aquilo a que temos direito - muita dança, muita cantoria e muita animação -, é impossível estarmos com roupa que não seja confortável. Roupa e sapatos confortáveis são um essencial, uma necessidade neste tipo de festival e, portanto, escolham o conforto em vez da beleza. Não digo que não seja possível conjugar os dois - aliás, é bem possível e surgem conjuntos bastante inspiradores a partir da descontração natural de muitas pessoas que passam pelos festivais -, mas pensem primeiro no vosso bem-estar e depois no quão bonitas ficarão nas fotografias do Instagram na roupa que estão a utilizar. 

BOA DISPOSIÇÃO
Por fim, mas certamente não menos importante. Têm que levar boa disposição! Sem ela não se faz nada nem se vivem bons momentos junto dos nossos amigos/familiares - ou até mesmo sozinhos, para os solitários nos concertos. Vontade de se divertirem, sem qualquer inibição nem vergonha de sacudir o esqueleto ao máximo e entoarem aos berros as vossas canções favoritas - sendo elas guilty pleasures ou não. Façam de tudo para que aquele dia seja o melhor dia das vossas vidas, ou pelo menos um dos melhores. Só assim vão sentir que valeu a pena e que o dinheiro que gastaram naquele bilhete valeu cada cêntimo. Nunca me arrependi de nenhum concerto a que fui porque, para além de admirar todos os artistas que já vi ao vivo, vivi intensamente aquele momento como se fosse a última oportunidade de o viver.

Algumas sugestões de mochilas/malas que poderão levar para os vossos festivais favoritos.

Quais são os vossos essenciais para levar para os festivais? Já foram a algum? Qual?
Com tecnologia do Blogger.
My Own Anatomy © . Design by FCD.